Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Qua | 21.03.18

Viagens | Passear a pé #5

 

 

Este trilho inaugurado em Dezembro do ano passado leva-nos a conhecer uma zona à beira do Tejo que até agora era pouco conhecida, mas que merece uma visita bem demorada. Nesta região há de tudo: paisagens arrebatadoras, vida selvagem, gastronomia com pratos específicos que só aqui encontramos, e uma cultura riquíssima e variada.

 

Conhal (18).jpeg

 

Trilho da Mina de Ouro do Conhal

 

Este trilho circular recentemente criado (PR9 NIS) desenvolve-se entre Santana, na aldeia do Arneiro, e a área junto ao rio Tejo a que se dá o nome de Pego das Portas, passando depois pela zona conhecida como Conhal. Do miradouro da Serrinha é-nos oferecida uma vista privilegiada sobre o Tejo e as Portas de Ródão. Depois desce-se até à foz da Ribeira do Vale e à ilha do Cabecinho, locais onde foram construídas duas pontes suspensas para viabilizar este percurso pedestre. Além dos corvos-marinhos, aqui o Tejo é também frequentado por cegonhas e sobrevoado por grifos. Na flora, a espécie a destacar é o zimbro.

 

Conhal (2).jpeg

 

Conhal (5).jpeg

 

Conhal (6).jpeg

 

Conhal (8).jpeg

 

Conhal (10).jpeg

 

Conhal (11).jpeg

 

Conhal (12).jpeg

 

Conhal (13).jpeg

 

Conhal (15).jpeg

 

Conhal (16).jpeg

 

Conhal (17).jpeg

 

Conhal (19).jpeg

 

Conhal (21).jpeg

 

Conhal (22).jpeg

 

Localização: Arneiro (concelho de Nisa, distrito de Portalegre)

Início e fim: Centro Interpretativo do Conhal (antiga escola primária)

Comprimento: 10 km

Duração: +/- 3 horas

 

Conhal - mapa percurso.png

 

Conhal (1).jpeg

 

Características especiais: É aconselhável fazer este percurso no sentido dos ponteiros do relógio. Tem um desnível entre a altura máxima e mínima de cerca de 140 metros e começa logo a subir, mas depois de duas ou três subidas ligeiras nesta parte inicial a maior parte do percurso é sempre a descer ou em plano, com mais uma inclinação ascendente suave no final, já no regresso à aldeia.

 

Conhal (3).jpeg

 

Conhal (4).jpeg

 

Conhal (7).jpeg

 

Conhal (9).jpeg

 

Conhal (20).jpeg

 

 Amanhã viajamos até longe para vos mostrar mais um percurso completamente fora do vulgar.

 

 

 __________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 12

por Ana CB autora do blog Viajar. Porque sim

 

Siga-nos no Bloglovin