Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Ter | 03.04.18

Tanto mar entre nós... | Evaporação

 

Baltazar imagem nova.jpg

 

Se um poeta evapora
uma nuvem deságua
chorinho

no meu telhado
e refaz
barulhinho bom.


Canta, canta, canto
gota é lágrima
na bica da velha calha
que enche até a boca
uma duna de sal

na bilha vermelha.


No curvo e longo gargalho

do barro molhado
minha mão aquela nuvem recolhe

*

*

*

VAGA MÚSICA

VAGAROSA

VAGA

ONDA VAPOROSA

VAGO

NO RASO DEPOIS DA ONDA

ASSIM EVAPORO

*

*

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 12

por Baltazar autor do blog Depois eu conta | BRASIL

 

 

Siga-nos no Bloglovin