Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Qui | 20.09.18

Tanto mar entre nós... | Doabre

Inominável
   DOABRE (*)  O rio de João Cabral é um corpo mutilado,discurso de canal engordado sob gondola;cabeça-nascentes do pensamento truncado,é mão amputada dos dedos longos distante. Salta em caldo engorda corpo represado.Ou emagrece, se afina no curso seu tom;uma silhueta na passarela disforme tortaconsumida na pena serelepe dos homens. Mas o mesmo rio grita sua fome de mellode anas, de roseanas, de helenas e baronesde tantos outros que se encontram no rioem meio curso do fio (...)
Qua | 12.09.18

Tanto mar entre nós... | Sem ti

Inominável
  SEM TI O sol apagou-seo céu fechou-sea noite caiu,ficou gélido o tempopelo afastamentode quem de mim partiu. Saíste desabridade orgulho vestidae sem olhar para trás,dei-te a minha vidahistória perdidaque não sei onde jaz; Já não estás nem pertoe não quero estar certodo que isto causou,mas vivendo sem tipara o mundo morrio amor me matou.  _________________________________________________________________Publicado em Inomin (...)
Qui | 12.07.18

Tanto mar entre nós... | H2omem

Inominável
antes de ser potável fui chuva e orvalho ates no capim, estive no ipê e no carvalhoescorri por aí antes de ser riolonge movi monjolos e pás de moinhosantes de ser potável fui musgofui lamaçal em cachoeira no fundo das grotas fui redemoinho a fome do bagre no barranco do rincãono longo remanso fui leito de ribeirãosou movimento, minério ancestralmas antes de ser potável fui salobra,  mansa deslizei lentamente  e comi nos barrancos uns bocados de terra nas beiras do rincãosou (...)
Sex | 22.06.18

Tanto mar entre nós... | Fica em mim agora

Inominável
 Preciso de ti agora.Não como precisei ontem,não como vou precisar amanhã,agora... preciso de ti neste momento... Fica comigo esta noite...fica em mim, dentro e fora... em mim... Que importa o amanhã se não estás agora?Sinto que tenho de te sentir... agora,sinto que me queres sentir... agora,não como outrora, não...de uma outra forma, bem mais profunda... agora. E fica, sim fica em mim, fica em nós... agora,e nunca, nunca mais sairás de mim...Nunca mais irás embora... Fica (...)
Qua | 09.05.18

Tanto mar entre nós... | A história do lenhador e sua mulher pobre

Inominável
 Vocês já ouviram a história do lenhador e sua mulher pobre?  Viviam felizes na sua miséria, no campo, mas sem filhos.  O silêncio nas horas claras comia suas palavras, sua alegria. Desejavam o campo fértil mas colhiam apenas pedras mudas. Um dia encontraram à margem do lago  uma criança bem pequena abandonada. Chorava de fome, era linda, uma menina tão pequena, desamparada ali deixada. A mulher e o lenhador se encantaram, para longe da margem do lago a levaram. Cuidaram, (...)