Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Seg | 22.10.18

Por terras nascidas do mar | Relatos de um Verão no Outono e os extremos da Vida

Inominável
Outubro é sinónimo de Outono, mas nesta edição ainda vos escrevo durante o Verão e no preciso dia em que deveria estar a voltar a ser mãe pela segunda vez, segundo os entendidos que se baseiam na ciência das ecografias e de calendários menstruais, e não no das luas (já passei pela mudança de duas e “desta é que é!”). Pois é, o meu segundo rapaz não quer saber da sabedoria popular e está a sentir-se bem no seu T0 com ar condicionado sempre na temperatura certa, a fazer o (...)
Sex | 07.09.18

Por terras nascidas do mar | Comparações inevitáveis e montanha-russa hormonal #3

Inominável
(continuação) Em relação a atendimento médico humano, dou por mim a comparar com a experiência em Inglaterra, de que também já vos falei; a nível de simpatia, humanismo e tempo de espera para o atendimento temo que fiquemos aquém, mas em termos de rigor nas análises e exames e na eficiência os pontos ficam do nosso lado. O ideal era a fusão das duas realidades, mas a ter de escolher prefiro a eficiência! A minha gravidez é vigiada no centro de saúde e no hospital, com umas (...)
Qui | 06.09.18

Por terras nascidas do mar | Comparações inevitáveis e montanha-russa hormonal #2

Inominável
(continuação) Os estorninhos estão presentes durante todo o ano mas os cagarros, ave mais ou menos da envergadura da gaivota, chegam na Primavera e o seu canto é algo impossível de descrever em palavras e de difícil reprodução, pois o seu som quase se assemelha ao de um desenho animado. Neste momento em que vos escrevo isto. alguns deles estão a fazer voos rasantes junto à minha casa e parece que os ouço aqui na minha janela... é maravilhoso! Lembro-me de uma noite, já quente, (...)
Qua | 05.09.18

Por terras nascidas do mar | Comparações inevitáveis e montanha-russa hormonal #1

Inominável
Primeiro Verão na ilha, primeiro Verão que passo em estado de graça, que é como quem diz, grávida... e transtornada com este calor húmido! Eu sei, não parece o retrato idílico digno de quem mora no paraíso, mas até neste existem problemas de pés inchados e hormonas em polvorosa. Mas já lá vamos! Verão nos Açores é sinónimo de muitas mais pessoas a circular, muitos carros alugados, e muitos cruzeiros – que trazem ainda mais gente – dando uma nova vida à vida insular. (...)
Ter | 03.07.18

Por terras nascidas do mar | Histórias de touros sem cornos e festas tradicionais #2

Inominável
(continuação)   O nosso hóspede deliciou-se com a gastronomia, tornando-se fã dos nossos pastéis e pataniscas de bacalhau, mas acima de tudo da tão usada massa de pimentão açoriana, com a qual quase tudo se tempera. Ele, adepto da versão mais picante, aplicava-a em tudo o que comia, de tal forma que eu deixei de me preocupar com os meus dotes de cozinheira, já que todos os pratos que ele comia acabavam pintalgados de vermelho, rectificando eventualmente qualquer potencial erro (...)