Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Seg | 19.11.18

Musicalizando | Bárbara Bandeira

Inominável
Bárbara nasceu a 23 de junho de 2001, em Azeitão, e é atualmente uma das jovens artistas mais populares em Portugal, com centenas de milhares de seguidores que não lhe poupam elogios.Filha do cantor português Rui Bandeira e da instrutora brasileira Siara Holanda, Bárbara tem, assim, dupla nacionalidade. O pai terá, por certo, sido a sua maior influência e referência musical ao longo da sua vida, mas Bárbara tem também como inspirações artistas como Demi Lovato, Jennifer (...)
Sex | 16.11.18

Tanto mar entre nós... | Escrever

Inominável
Sonhar pode ser singularamar escreve-se a dois,num diário ao deitarperfumes nele gravarpara recordar depois; Sinto-te parte de mimnuma história que escrevo,ainda lhe falta um simainda não tem um fim,se tivesse, era segredo; A seu tempo saberásdo enredo ficcionado,num futuro sem passado.A seu tempo saberás,a meu lado. _________________________________________________________________Publicado em Inominável nº 16por 
Qua | 14.11.18

Diversidades | Por terras do Oeste Cisterciense #2

Inominável
(continuação)Só na segunda metade do século XVIII, durante o abaciato de Frei Manuel Mendonça, (primo do Marquês de Pombal), se retomam as antigas tradições dos Beneditinos, numa última tentativa de recuperação. O Mosteiro de Alcobaça conseguiu, até certo ponto e com grandes dificuldades, fazer prevalecer as suas tradições culturais e agrícolas, mas todo o seu poder acabou por terminar, através de decreto de D. Maria II, em 28 de Maio de 1833.A história de toda a região (...)
Seg | 12.11.18

Diversidades | Por terras do Oeste Cisterciense #1

Inominável
"Desde os períodos nebulosíssimos da Idade da Pedra habitam os homens as terras de Alcobaça"Manuel Vieira NatividadeConta-nos a História que muito do trabalho dos nossos antepassados é pedra angular da nossa actual condição. Por vezes, por desconhecimento, desinteresse ou simplesmente porque o passado é “passado” e como tal não determinante para o amanhã, não entendemos o que somos, como somos e porque somos. De outra forma, quiçá mais sublime, quem devia entender a (...)
Sex | 09.11.18

Anexo | Na saúde e na doença

Inominável
Há três meses fui operada à coluna. Nada complicado, segundo o médico, hérnia discal cervical, entre a C5 e a C6.E, perante isto, em que pensa a pessoa a quem vão abrir caminho pelo pescoço, logo ali abaixo do queixo, para remover um dos discos da coluna e colocar uma prótese? A pessoa pensa no avanço que vai dar aos montes de livros por ler (pilha não, a minha casa não teria altura para tal) durante a baixa.Baixa por doença. Lá está, não se pode trabalhar até recuperar. (...)