Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Qua | 23.05.18

Animais & Mais | Será assim tão horripilante? #3

(continuação)

 

E o alojamento?

É fácil perceber que, infelizmente, têm de estar confinadas a uma gaiola. Mas não é “encafuá-las” lá para esperarem que nós cheguemos a casa para as soltar. Meus amigos, elas são inteligentes, por isso a gaiola deve ter estímulos para que cresçam sãs.

Obviamente que quanto maior for a gaiola, melhor, já que são animais activos e com um porte que não é de desconsiderar. Aquelas gaiolas altas e com vários patamares, iguais às das chinchilas ou furões, são as que deve ter em mente.

Do que pesquisei, aconselham cerca de dois metros quadrados por ratazana como dimensão mínima. E mesmo assim é imprescindível que saiam da gaiola para se exercitarem e explorarem o meio ambiente. Não preciso de dizer outra vez que desde que esteja alguém a vigiá-las, não é?

gaiolaarmário.jpg

As gaiolas de rede metálica permitem uma boa ventilação e permitem que elas se exercitem a trepar. Mas, não é aconselhável que o chão seja em arame, já que podem ficar com as patas presas e desenvolverem úlceras.

ratazanagaiola1.jpg

A gaiola deve estar dentro de casa ao abrigo de correntes de ar, com luz, mas sem luz directa! Ao contrário do que possam pensar, as ratazanas domésticas não são tão resistentes como os seus parentes selvagens e são facilmente afectadas pelas correntes de ar e pelo frio.

ratazanatoca.jpg

Depois, é dedicarmo-nos à decoração interior de gaiolas e permitir que possuam o que lhes é essencial - um abrigo para dormir, espaço para brincarem e interagirem com escadas, cordas, túneis, plataformas. Não será preciso dizer que roedores roem, não é?

Por isso, todos os objectos de madeira serão roídos, e talvez alguns de plástico. Mas roer também contribui para que fiquem saudáveis. Deixem coisas que elas possam “desfazer” com os dentes à vontade! Massa em espiral também é uma boa opção para este efeito.

Quanto àquela rodinha típica para os ratos, muitas vezes algumas ratazanas não lhe vêem qualquer interesse, mas experimente para ver se o seu bichinho gosta; no entanto, opte por uma de superfície lisa e sem arame.

Alimentação

São animais omnívoros e os conselhos são para que lhes dê uma ração específica, que tem a forma de granulado, pois enquanto comem aproveitam e desgastam os dentes. Felizmente, já vão existindo à venda nas lojas de animais, mas não deixe de pesquisar sobre o melhor alimento para os seus companheiros roedores.

Mesmo assim, o seu cardápio deve ter alimentos frescos, tais como frutas e vegetais. Também pode dar-lhe sementes, tais como arroz com casca, aveia, alpista e sementes de abóbora e de linhaça.

 

Não lhe dê milho cru, pode fazer-lhes mal. Cuidado com as quantidades de sementes de girassol e os amendoins, dê pouca quantidade, já que são extremamente oleaginosos e acarretarão um ganho de peso perfeitamente dispensável!

Existem alimentos quem lhes são permitidos e outros que são proibidos, pois trarão problemas ao nosso animal. Pesquise e procure, quando tiver dúvidas sobre se lhe pode dar algo ou não.

Deixo apenas algumas ideias dos alimentos proibidos:

  • Citrinos, manga e ananás;
  • amendoim cru;
  • sementes de maçã e de papoila;
  • batata doce crua;
  • banana verde;
  • batata verde crua;
  • insectos; (Não lhe passe isso pela cabeça! Ok?)
  • bebidas gaseificadas (as ratazanas não conseguem arrotar);
  • alcaçuz;
  • tofu;
  • carne crua (pense que pode conter bactérias);
  • couve vermelha ou couve de Bruxelas crua;
  • ruibarbo;
  • espinafre;
  • comidas “peganhentas”, género manteiga de amendoim (pode causar-lhes asfixia);
  • algas.

(continua)

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 13

por Golimix autora do blog Eu tento, mas meu tento não consegue

Siga-nos no Bloglovin
 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.