Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Sex | 13.07.18

Anexo | Booktube

Não, não venho divulgar ou fazer publicidade a canais do youtube, apesar de seguir vários, sobre livros pois claro. Chamam-lhe booktube, a comunidade de leitores que partilha opiniões (e divagações) sobre literatura (por vezes é apenas algo que imita a literatura).

booktubers001.jpg

 

Eu gosto do conceito. Tenho um preferido (nada de nomes, já sabem), que sigo religiosamente e ao qual dou muito boa nota no que refere à qualidade dos livros lidos, e também à apresentação e postura, que considero excelente. Não se trata, obviamente, de uma pessoa que ande nisto há dois dias.

 

Mas o que dizer de outros que terão mais talento para diferentes actividades, mas que se dedicam, com muita vontade (e pouca vocação) à apresentação de títulos que recebem das editoras? Nada contra (excepto a sensação de estarem nisso por causa dos livros à borla), mas sabem o que por vezes me parecem estes canais? Uma reunião de comadres (também há compadres, não pensem que eles se safam) a mandar recados uns aos outros sobre os mesmos livros. Em resumo, é uma comunidade booktube que não me interessa, e que me faz até duvidar se gostam dos livros que lêem ou se limitam a publicitar positivamente livros oferecidos.

 

Colocando esta malta de parte, há muita coisa positiva no booktube (nacional e internacional). Aprendo muito com os canais que, de forma desprendida, se dedicam aos livros por paixão pela leitura, e que querem, através desta, chegar a quem está do lado de lá da câmara. Gosto de leituras conjuntas, feitas com tempo, de clássicos da literatura por exemplo, mas também de títulos recentes, nem sempre fáceis de interpretar, e que uma opinião mais conhecedora pode ajudar no click que faltava. Eu gosto de aprender e de me desafiar, por isso tenho alguma dificuldade em perceber quem só lê livros simplistas de seguida, sem sair do registo meses e meses a fio. Não que eu não os leia, não é isso, até os trato pelo nome carinhoso de “pastilha-elástica”, porque cumprem o propósito de entreter. E não, não é preciso mergulhar sempre em livros densos. Por vezes apetece apenas relaxar.

 

Nem sempre é fácil escolher a próxima leitura, qualquer viciado em livros tem muitos por ler, e não é raro que, mesmo assim, a leitura seguinte ainda não exista no rol em stand-by. Canais, blogues e redes sociais podem ajudar (e ajudam) na selecção do “senhor que se segue”, mas é preciso que chamem a atenção pela diferença, mostrem a beleza de um livro escrito, por exemplo, há mais de cem anos, provem a sua actualidade e desafiem quem os vê, lê ou ouve a mergulhar fora do terreno pantanoso das edições em barda.

 

Há muitos livros excelentes, são publicadas obras de grande valor que ficam no fundo das pilhas e gavetas, ou que nem aparecem nos expositores. Admiro quem os divulga de forma descomprometida, apenas pelo prazer de dar leitores a um livro.

 

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 14

por  Márcia Balsas  autora do blog  Planeta Marcia

 

Siga-nos no Bloglovin