Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Sex | 27.07.18

Manifesto

 

Logo 3.png

 

 

 

 

 

O mundo dos blogues em Portugal tem vindo a crescer exponencialmente nos últimos anos, tanto em quantidade como em qualidade, e está pouco a pouco a tornar-se uma forma de comunicação com algum peso no nosso país. O que é mais uma prova da versatilidade e riqueza da nossa cultura.

 

Foi para dar mais voz e visibilidade a estes – tantos! – bloguistas que dedicam grande parte do seu tempo à paixão de escrever e comunicar com os outros que nasceu em 2015 a Revista INOMINÁVEL.

 

Inominável porque não tem um nome, tem muitos: ela é o resultado da soma de todos os nomes que têm vindo a contribuir para a existência e o crescimento de um projecto feito com o coração e a vontade, com muito entusiasmo e dedicação, e com muita vontade de evoluir e melhorar.

 

Neste momento a INOMINÁVEL é uma revista bimestral apenas publicada online (e portanto gratuita), mas com os olhos postos sempre mais longe – até porque o nosso lema é “para lá da blogosfera”. Vivendo na e da Internet, apoia-se na comunidade bloguista e nas redes sociais para se difundir e publicitar, razão pela qual os artigos de cada número da revista são depois publicados no blogue (alojado no Sapo) com o mesmo nome: revistainominavel.blogs.sapo.pt. E como o mundo virtual já não consegue – nem sabe – viver sem as redes sociais, também temos página no Facebook (facebook.com/Revista-Inominável) e conta no Instagram (@revista_inominavel).

 

Este é o nosso manifesto:                             

 

  • A Revista INOMINÁVEL é um projecto flexível e em constante desenvolvimento.
  • A Revista INOMINÁVEL é generalista, transversal, criativa e inclusiva.
  • A Revista INOMINÁVEL é tolerante, mas não tolera a discriminação, o apelo à violência e a xenofobia.
  • A Revista INOMINÁVEL é uma forma de centralizar bloguistas cujo trabalho merece ser divulgado, pois normalmente só por acaso é que se consegue descobri-los.
  • A Revista INOMINÁVEL é uma revista de artigos originais.
  • A Revista INOMINÁVEL respeita e valoriza o estilo dos seus redactores e não censura quaisquer textos, com excepção dos que forem ostensivamente contra os valore e critérios expressos neste Manifesto.

 

 

 

Qui | 26.07.18

Histórias de Arte | Wesley D'Amico #4

 

___________________________

 

“Com tantas cores, pintar sonhos em preto e branco é para quem tem imaginação colorida”

___________________________

 

Arte sobre arte

 

 

“Tive que sujar as mãos de graxa, cortar lenha, derreter metais, e fazer joias, para um dia ser artista plástico, todas essas profissões me ajudaram com arte. Usei a mecânica para fazer meus quadros com geometria. Usei meus meses de lenhador para fazer meus cartões de visita de madeira. Usei meus meses com fundição para fazer uma tela que resistisse ao fogo. Usei meu curso de joalheria para fazer micro arte.”

 

Performance em dificuldade para doar ou vender uma arte

 

 

Para Wesley D’Amico o único limite parece ser a imaginação – e a sua, está comprovado, não parece correr o risco de vir alguma vez a faltar.

 

 

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 14

por Ana CB autora do blog  Viajar. Porque sim.

 

Qua | 25.07.18

Histórias de Arte | Wesley D'Amico #3

 

___________________________

 

“Com tantas cores, pintar sonhos em preto e branco é para quem tem imaginação colorida”

___________________________

 

 

Entretanto frequentou um curso de ourives, onde aprendeu a medir, cortar, limar, polir e soldar objectos muito pequenos. Dando uso às ferramentas de joalharia e à sua criatividade, começou a pintar quadros em miniatura, e prolongou as suas experiências ao reduzir cada vez mais o tamanho de uma reprodução da bandeira do Brasil: a primeira que fez tinha 9 mm, mas apurou de tal maneira a sua técnica que conseguiu finalmente fazer uma com 0,7 mm.

#13 arte WD miniatura bandeira Brasil (1).jpg

#13 arte WD miniatura bandeira Brasil (3).jpg

 

Numa busca permanente pela originalidade, Wesley tem utilizado os mais diversos métodos e suportes na criação dos seus trabalhos. Desde a concepção de imagens gráficas digitais a partir de fotografias de borboletas (a que chamou Mosbor – Mosaicos de Borboletas), até às esculturas em materiais diversos, passando pela “action painting”, a sua habilidade manual inata e a experiência técnica que tem vindo a adquirir ao longo da vida levam-no à exploração constante de novas maneiras para exprimir o seu espírito artístico.

 

#13 arte WD arte digital (18).jpg

 

#13 arte WD arte digital (16).jpg

 

#13 arte WD arte digital (14).jpg

 

#13 arte WD arte digital (12).jpg

 Arte digital

 

 

 

(continua amanhã...)

 

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 14

por Ana CB autora do blog  Viajar. Porque sim.

 

Ter | 24.07.18

Histórias de Arte | Wesley D'Amico #2

 

___________________________

 

“Com tantas cores, pintar sonhos em preto e branco é para quem tem imaginação colorida”

___________________________

 

Já com alguma prática de trabalho com madeiras - o pai negociava em lenha - quis o acaso que lhe fosse oferecido um emprego em que fazia móveis e peças de madeira para jardim. Deste trabalho com madeira industrializada nasceu-lhe o gosto pela criação artística usando este material como base: fez ramos de flores, dragões, cavalos, quadros, painéis e objectos decorativos de várias espécies. A madeira que sobrava era inicialmente queimada, mas depois começou a aproveitá-la para montar esculturas.

 

Trabalhos em madeira

 

Artista desconhecido, com dificuldade em vender as suas peças e não tendo galeria onde as expor, lembrou-se de queimar algumas obras e gravar o processo. Nasceram assim as suas performances em vídeo, e delas uma nova ideia: criar quadros com fogo. Depois de muita experimentação, desenvolveu uma composição química especial e uma técnica que lhe permite trabalhar quadros com fogo, criando formas oníricas e sombrias.

Artista dá movimento à arte colocando fogo na tela

 

 

 

(continua amanhã...)

 

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 14

por Ana CB autora do blog  Viajar. Porque sim.

 

Seg | 23.07.18

Histórias de Arte | Wesley D'Amico #1

 

___________________________

 

“Com tantas cores, pintar sonhos em preto e branco é para quem tem imaginação colorida”

___________________________

 

17973750_260592661071864_8304644217993388043_o-102

 

Wesley D’Amico é um artista plástico brasileiro autodidacta e multifacetado que mora em Mombuca, uma pequena cidade do interior do Estado de São Paulo, a cerca de 70 km de Campinas.

 

Embora desde criança nele se tenha manifestado um espírito artístico e a curiosidade pelos trabalhos com os materiais mais variados, só em 2004 é que Wesley começou verdadeiramente a colocar a sua criatividade ao serviço da arte. Mecânico de automóveis, nunca imaginou vir a ser artista plástico. Como ele próprio diz:

 

“Comecei minha vida na graxa de Deus, isso mesmo, não é graça de Deus, é graxa mesmo, preta e suja, e nunca pensei em colorir minha vida, estava feliz sendo mecânico, mas a vida tinha planos para mim.”

 

 

(continua amanhã...)

 

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 14

por Ana CB autora do blog  Viajar. Porque sim.

 

 

 

Pág. 1/4