Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Sex | 20.10.17

2D 3D | Black & White

Sofia Silva
 Aaah, o branco e preto: a derradeira ferramenta do artista que quer parecer mais ufanamente artístico. A própria expressão parece ter um dramatismo atraente. A simplicidade do contraste, como conceito, aplicado a objectos e momentos que ficam prejudicados por tal transformação. Não são só os grandes artistas os culpados pela atracção à monocromia da expressão. O Spielberg não é particularmente snob pela sua (única?) utilização de preto e branco num certo filme. O (...)
Sex | 22.09.17

2D 3D | Playerunknown’s Battlegrounds

Sofia Silva
 «Bom, a maioria do pessoal já deve ter saltado. Muitos já lá devem ter chegado abaixo. Ainda bem, estes lados ficam mais tranquilos. Está ali uma aldeiazita na costa, vou para lá.Upa. Aaah, que vista tão agradável, é pena que daqui a uns minutos vá estar toda a gente à batatada uns com os outros. Ao menos este jogo não tenta esconder que no fundo somos todos uns filhos da mãe que dada a possibilidade matariam sem misericórdia qualquer gajo ao seu lado. Virtualmente, claro.  
Seg | 26.06.17

2D 3D | Andar à porrada melhorou a minha vida

Sofia Silva
 Qualquer pessoa que jogue videojogos cai ou acabará por cair no erro de olhar com nostalgia para o tempo em que “os jogos eram bons”. Obviamente, isto acontece em todas as áreas da sociedade. No caso presente, cabe a cada um decidir se será ou um retrógrado elitista que sabe o que é um Spectrum, ou um totó subscrito a todos os fóruns, canais, revistas e sítios online do que é novo na indústria, ou pode até estar algures no meio. Qualquer das opções é viável. Eu sou (...)
Ter | 20.06.17

2D 3D | O Tabu

Sofia Silva
 Considero que nasci numa época que me permitiu viver em todo o seu esplendor a era dourada da indústria dos videojogos. Esta afirmação, aparente e incompreensivelmente condescendente, não deverá ser chocante para nenhum humano normal, pois todos nós pensamos que nascemos para apreciar a era dourada de alguma coisa e para posteriormente nos relembrarmos melancolicamente dos bons velhos tempos. Para alguns é a música, para outros o futebol, para outros os programas de culinária (...)
Seg | 08.05.17

2D 3D | Querida! Capotei o carro! Outra vez!

Sofia Silva
 Quando eu era pequenino, na altura em que a Quinta do Bill ainda era uma banda relevante, os videojogos não existiam na abundância exagerada que existem hoje. Fossem bons ou maus, os videojogos a que tínhamos acesso eram basicamente o que nos iria entreter durante umas horas.Calma, não é de nostalgia que venho falar, apesar de me conseguir imaginar daqui a uns 50 anos gordo e velho sentado numa cadeira de plástico na esplanada do café local a discutir com um colega semi-surdo (...)