Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Dom | 06.03.16

Receita do amor

Reza a lenda que o amor nasceu na cozinha e que deve ser alimentado todos os dias. Nunca ouviste dizer? Pois bem, então parece que hoje sou eu que te vou contar algo novo, através do poema do amor. Para que o amor exista em pleno são necessários vários ingredientes para que ele continue a crescer forte e lindo como o conhecem; mas onde é que essas coisas existem? Na cozinha, está claro! Então, se queremos que o nosso amor se mantenha forte, devemos ter em atenção estes ingredientes: duas chávenas de compa-nheirismo - como é óbvio, para dançar o tango são precisas duas pessoas, aqui a coisa é igual, são necessários dois companheiros para que exista amor; duas colheres de compreensão, porque as pessoas são todas elas diferentes à sua maneira, com as suas manias e feitios, é preciso que ambos se compreendam um ao outro para que tudo esteja tranquilo; algumas pitadas de paciência, porque há dias melhores e piores e todos nós os temos. Se misturarem isto tudo, vão ver que encontram o ponto fulcral de uma relação, da base do amor: a amizade.


Uma vez que a amizade não anda sozinha, devemos juntar-lhe um pouco de generosidade, porque por vezes devemos deixar de lado os nossos interesses e pensar também no bem-estar do outro. Também nunca se deve esquecer do fermento do amor! Sabem o quão importante é preciso fazê-lo crescer, certo? Então não se podem esquecer desse ingrediente tão importante, pois o amor deve ser partilhado e exercitado todos os dias.
E como não há doce sem recheio, devemos colocar uma grande quantidade de ternura e alegria, que ajudarão o amor a crescer mais quentinho, com mais força e com grandes momentos de felicidade, onde se juntam os sorrisos e abraços, e todos aqueles carinhos que adoramos dar a quem gostamos. Por fim, devemos decorá-lo com muita paixão.

ingredientes_receita_de_amor_leonor_arrimar.jpg
É importante que as pessoas saibam cozinhar o amor, fazê-lo crescer, forte e saudável, cheio de todas aquelas coisas importantes que fortalecem uma relação: companheirismo, compreensão, paciência, amizade, generosidade, carinho e paixão. Não chega esta última para manter uma relação de pé, não chega a amizade para a manter de pé, apenas uma coisa não basta, para isso é preciso usar tudo isso e fazê-la crescer. Há quem encontre o amor e não o saiba segurar, porque grande parte das vezes apenas quer o amor e esquece-se do resto. Há quem encontre o amor, o faça crescer e trabalhe todos os dias para que ele esteja bem, porque o amor não é só ter alguém e tudo o resto aparece, não! As pessoas trabalham-no, educam-no, alimentam-no… e é tudo isso que importa quando encontramos a pessoa que nos completa, que é o nosso ombro amigo, que nos compreende e ama da mesma forma.
 

Vivam o vosso amor com todas as vossas forças, todos os vossos recursos, e não a dar metade do que podem. É um trabalho a dois, é um investimento a dois, por isso merece toda a nossa atenção e dedicação.  

______________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 2
por Vanessa , autora do blog Nuages Dans Mon Cafe

 

Siga-nos no Bloglovin