Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Ter | 02.01.18

Lá vem a Noiva | O que não dizer a uma noiva?

Isto de ser uma noiva é uma novidade para mim. A palavra ainda me soa estranha aos ouvidos, mas lá me tenho habituado, apesar de nunca me apresentar como “noiva”, ao contrário do que tanta gente gosta de fazer: “esta é a noiva que trabalha em Y”, “esta é a Just, a noiva que se casa no próximo ano”. Não só deixei de ser apenas a Just, como passei a ser a Just, a noiva. E é quando estas apresentações acontecem que as conversas e os comentários mais cómicos surgem na minha vida. Deixo-vos uma lista das 5 coisas que NUNCA devem dizer a uma noiva.

 

 

“Vais-te casar? A sério? Como?”

Não compreendo o olhar incrédulo das pessoas quando digo que vou casar, sei que tenho ar de menina (este ar de anjinho ainda engana muita gente); mas juro que já tenho mais de 18 anos e que os meus pais nem precisam de assinar uma autorização para me casar.

 

 

“Oh, vais-te casar. Pena depois tantos casamentos darem em divórcio.”

Acreditem ou não, a palavra mais associada a casamento é divórcio. Inúmeras foram as vezes que a disseram, ao saber que me ia casar, e de seguida vieram com a lengalenga de que mais de metade dos casamentos dão em divórcio e que os jovens já não aguentam nada e blá, blá, blá. Não acreditam as vezes que disse com um sorriso amarelo, enquanto mordia a bochecha, “Pois é, olha mas vou arriscar, logo se vê!” É tão habitual virem com essa conversa que já deixei de lhes atribuir um mau presságio ou de culpabilizar o pessimismo dos portugueses.

 

 

“Que desperdício de dinheiro!”

Esta é uma das minhas frases preferidas! Casar pode ou não ser sinónimo de imensas despesas; para estes lados, como o noivo não deixou fazer o meu piquenique de sonho, as despesas aumentaram exponencialmente. Contudo, sabemos que o dinheiro gasto, o NOSSO dinheiro e de mais ninguém, será gasto na realização do NOSSO sonho. Graças aos céus não pedimos a ninguém, muito menos a quem adora fazer este tipo de comentário. Normalmente, até são pessoas que gostavam de se ter casado e nunca tiveram oportunidade.

 

 

“A sério que vais de sapatos de cor?”

De cada vez que digo isto, os mais tradicionalistas olham-me de lado. Normalmente respondo com um sorriso e afirmo alegremente “Vou, porquê?”, ao que me respondem secamente “nada, nada”. Se há coisa que tenho aprendido ao preparar o casamento é que toda a gente tem uma opinião quanto à forma como devemos ir, como nos devemos apresentar, como devemos organizar as coisas. Pena mesmo é não ser o casamento deles!

 

 

Sem dúvida que guardei a melhor para último:

“Tens a certeza de que queres casar?”

Claro que não! Eu simplesmente decidi da noite para o dia “Olha, vou-me casar, apetece-me gastar imeeeenso dinheiro!” As pessoas olham para nós como seres estranhos, como se tivéssemos tomado uma decisão, que (supostamente) é para a vida, de ânimo leve. Aposto que (quase) todos os que se casaram ponderaram bem - afinal este é um enorme passo na vida de qualquer pessoa.

 

(Esta imagem foi adaptada desta)

 

Estas são apenas cinco frases que ouço associadas à palavra casamento ou noiva. Coisas pouco simpáticas que são completamente desnecessárias de dizer a alguém que anda a preparar um dos dias mais felizes da sua vida. Para não transformarem uma noiva numa “Bridezilla”, deixo aqui só uma sugestão: felicitem-na apenas.

 

 

__________________________________________________________________

Publicado em   Inominável nº 11

Just Smile, autora do blog Just Smile

Siga-nos no Bloglovin
 

2 comentários

Comentar post