Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Qua | 03.05.17

Corações Inomináveis | Plataforma Proanimal

 

Aqui, neste Trás-os-Montes, na cidade de Vila Real, existem pessoas que juntas transformaram a sua paixão pelos patudos numa verdadeira actuação em força! Falo da Plataforma Proanimal, uma associação que existe desde Abril de 2011, sem fins lucrativos e que intervém incisivamente ajudando animais que, de alguma forma, estejam em risco. Eles fazem tanto que tudo o que se possa dizer parece redutor.

Tudo começou pela monitorização de uma colónia de gatos de rua, colónia essa que vinha a crescer, fazendo aumentar o flagelo dos animais abandonados. Tentando intervir, um pequeno grupo de voluntários pediu ajuda à Associação Animais de Rua, no Porto. Portanto, todos os animais que eram esterilizados tinham que fazer o caminho IP4 afora até à Invicta! Nada fácil também para quem tinha que os levar e trazer! Rapidamente começaram a surgir pedidos de ajuda, ou para animais doentes, ou para cães ou gatos errantes que surgiam pela cidade. Existiu a necessidade de estabelecer protocolos com as clínicas veterinárias de Vila Real e criar a associação. E assim surgiu a Plataforma Proanimal.

O seu trabalho com as colónias de gatos de rua ampliou-se e hoje conseguem, a custo das suas horas livres, monitorizar cerca de 20 colónias! O trabalho consiste em criar uma harmonia das colónias com os humanos, por forma a que não se tornem indesejáveis, evitando assim actos que periguem a vida dos animais.

 

 

Constroem abrigos para amenizar as agruras do tempo, tentam que a alimentação esteja num local específico e de forma higiénica, quer por questões de saúde pública, quer para a saúde dos animais. Além disso, fazem as tais campanhas de esterilização, mas devolvem à rua apenas os gatos que não se adaptem de nenhuma forma ao contacto humano. Os restantes serão encaminhados para adopção e distribuídos por FAT.

 

Mas o que é então uma FAT?

Não possuindo um espaço físico para abrigar os animais, já que o intuito é aproximarem a realidade dos animais que recolhem o mais próximo possível de terem donos, recorrem a famílias que se voluntariam para ficar com eles, as FAT, famílias de acolhimento temporário, que darão ao animal a atenção que seria impossível de outra forma. A Plataforma responsabiliza-se pelos custos veterinários, areia (se for caso disso) e alimentação do animal. Neste momento possuem 65 gatos e 62 cães em FAT.

 

Hoje, o seu foco de acção consiste na recolha de animais que de alguma forma estejam em risco, na dinamização de adopções e na continuação da realização de campanhas de esterilização e devolução.

Dependem completamente do voluntariado e além das FAT, sendo algumas destas famílias um apoio constante, têm voluntários pontuais em campanhas que organizam, e possuem uma equipa de sete elementos que se dedicam de alma e coração à Plataforma em detrimento, muitas vezes, da sua própria vida e das horas que têm livres. Eu diria que são os sete magníficos, porque vendo todo o trabalho que fazem só mesmo tendo alguma magnificência!

Ao longo dos anos, entre cães e gatos conseguiram ajudar mais de mil animais. Dois casos foram muito mediáticos. Falo do Sam, um cão que estava doente, com Leishmaniose, e que foi atirado ao lixo dentro de um saco! Esteve internado dias e conseguiu, à força de muita dedicação, recuperar, tendo sido adoptado por uma das veterinárias que o tratou. Hoje, o Sam é um cão que necessita de cuidados, porque a sua doença é incurável, mas está feliz.

 

 

O Jim também deu que falar pela sua resistência e tenacidade em se agarrar à vida mesmo quando era certo que não conseguisse sobreviver. Foi encontrado com um tiro no meio dos olhos e inúmeras feridas pelo corpo. Como a filosofia da associação é tentar o possível quando há a hipótese de os animais terem qualidade de vida, assim foi feito. Jim sobreviveu, depois de muito amor e carinho; ficou cego de um dos olhos, mas brinca e interage de forma meiga com humanos.

 

 

Não é difícil imaginar que, com toda esta acção, possuam uma dívida monetária constante. Para ajudar a amenizá-la realizam muitas vezes actividades como leilões, feiras, jantares solidários e recolhas de donativos nas superfícies comercias. Dispõem também de um número de telefone solidário, por cada telefonema são doados 0,60 € para a Plataforma. Além disso têm um NIB disponível para quem queira realizar alguma doação.

 

Aqui ficam fotos de alguns patudos que procuram companheiros, mas se forem à página do Facebook da Plataforma Proanimal/oficial podem deliciar-se com os lindos focinhitos que aparecem, e também com a descrição das características temperamentais de cada um.

 

 

 

 

COMO AJUDAR:

 

N.º Solidário: 760450051 (0,60€ + IVA)

NIB: 0010-0000-48143250001-21 (BPI)

Tmv: 910600404

pproanimal@gmail.com

 

 

____________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 7
por Golimix autora do blog Eu tento, mas meu tento não consegue

Siga-nos no Bloglovin
 

2 comentários

Comentar post