Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Qua | 14.02.18

Cá por casa... a minha relação com a escrita

Desde pequena que tenho uma estreita relação com as palavras. Primeiro porque era, e ainda sou, extremamente faladora! Depois, porque desde que aprendi a escrever que o faço com prazer.

 

As palavras fazem parte do meu ser. Com elas viajo através de uma leitura, com elas me perco a escrever e por elas sonho…

 

Muitos são os meus textos arquivados numa gaveta e, mais recentemente, numa pasta no computador, que não sairão dali mas que saíram de mim qual panela de pressão em busca de alívio!

 

Mas muitas mais são as palavras que aqui ficam presas, e que por isto ou aquilo não são transferidas para onde querem, para onde necessitam, e que por isso são olvidadas!

 

Sonhos que construí, que acalentei, que caem como castelo de cartas e se perdem no tempo e com o avançar da idade… Às vezes gostaria de ter tentado mais, ter tido mais empenho, ter dito mais esperança… No entanto, as coisas são o que são e as oportunidades, infelizmente, não são iguais para todos. Cabe-me agora, com mais uns anos de vida, tornar a equidade algo mais alcançável e, pelo menos, lutar para que nem todas as palavras fiquem encarceradas sem um dia poderem respirar.

 

Na Inominável deixam que algumas dessas mesmas palavras corram intrépidas!

 

Os temas que abordo aqui na revista são sempre sobre animais. E porquê? Primeiro porque não imagino a minha vida sem eles. Desde que me conheço que sempre tive um companheiro(a) de 4 patas. E desde sempre que me interessei por outros seres vivos que habitavam o nosso planeta. Era capaz de ficar horas a observar as formigas e o seu comportamento, até as lagartas me interessavam, para desespero da minha mãe! Mas fazia-o sempre sem lhes fazer qualquer mal, ou sequer interferir com a vidinha delas. Plantava-me à frente da TV a ver documentários sobre a vida animal e devorava livros sobre o tema. Aliás, existem mais livros em minha casa sobre animais, treino e o seu comportamento do que sobre a minha profissão! Não. Não fui para Veterinária, não entrei na cidade onde queria ficar por duas décimas!!! Entrava em Veterinária na Universidade do Porto, mas há escolhas que temos que fazer e na altura tive de optar por uma Universidade mais perto de casa.

 

Neste pequeno grande grupo que se juntou para escrever artigos nesta magnífica revista posso dar asas àquilo de que mais gosto, saber um pouco mais sobre cada ser que habita, juntamente com os humanos, este lugarzinho azul dentro do Universo. E mostrar que afinal não são assim tão diferentes de nós, apenas têm algumas particularidades.

 

 

 

__________________________________________________________________

Publicado em Inominável nº 12

por Golimix autora do blog Eu tento, mas meu tento não consegue

Siga-nos no Bloglovin
 

2 comentários

Comentar post