Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Ter | 21.11.17

Animais & Mais | Gato preto!!!??? Socorro!!!

Bem, a coluna de animais não quis fugir ao tema deste mês, preto e branco, e para o fazer nada melhor do que falar sobre a tão afamada superstição contra os desgraçados dos gatos pretos!

 

Gato preto!!!??? SOCORRO!!!

 

 

Infelizmente, e segundo dados partilhados pela pela RSPCA (World Society for Prevention of Cruelty to Animals), 70% dos gatos abandonados são pretos, isto baseado em 1000 gatos abandonados resgatados em 2014.

 

Em Portugal são muitas as associações de animais que se queixam de que os seus gatos pretos são mais difíceis de serem adoptados. Além disso, estima-se que a eutanásia seja 5 vezes superior à dos gatos de outras cores! Segundo parece, não ficam bonitos nas selfies para colocar no Facebook por não se notar a sua expressão… Mas não fiquemos por aqui, parece que também já se estende esta paranoia aos nossos amigos caninos! Também existe o “Síndrome do cão preto”?

 

Mas isto tudo porquê?

O que têm estes animais que os torna tão repulsivos?

 

Existem muitas superstições à volta do gato preto, e para se perceber melhor vamos recuar na máquina do tempo…

 

No antigo Egipto, cerca de 3000 a.C., os gatos até eram venerados e considerados divinos! E matar um gato era considerado crime. Na mitologia existia uma deusa, Bastet, que acreditavam assumir a forma de um gato. E os egípcios confiavam que ter um gato preto em casa lhes traria sorte.

 

 

Na Pérsia também se veneravam os gatos. Inclusive existia a crença de que matar um gato preto seria como matar um espírito amigo, que ficaria a fazer companhia ao “assassino do felino” durante a sua passagem pela Terra, portanto perseguido por um fantasma!

 

Já os Celtas diziam que uma fada, Cat Sith, tomou a forma de um gato preto. Esta fada tinha a habilidade de roubar a alma das pessoas mortas antes que os deuses as pudessem reclamar! Por isso, imaginem o medo quando viam um gato preto!

 

Nas religiões pagãs, salvo raras exeções, os gatos pretos gozavam de boa reputação, o que terá contribuído para a sua queda perante a ascensão da Igreja Católica.

 

E julga-se que foi provavelmente na Idade Média que todas as superstições e mitos começaram a girar à volta dos gatos pretos, que foram sem demora associados a bruxaria e demónios.

 

Infelizmente estas superstições viriam a dar origem a sacrifícios de gatos pretos em larga escala, queimados vivos em fogueiras, afogados ou atirados do topo de muralhas.

 

Historiadores acreditam que o primeiro documento oficial da Igreja a condenar o gato preto foi realizado pelo Papa Gregório IX, em 1223, que emitiu uma bula papal chamada Vox In Rama, onde constava que os gatos pretos seriam a encarnação de Satanás e que o povo teria a sua bênção na tortura e morte dos felinos!

 

Os Papas Inocêncio VII (1339-1406) e VIII (1432-1492) também decidiram dar seguimento a esta tenebrosa ideia, e instruíram os inquisidores a queimar, nas fogueiras do Santo Ofício, gatos pretos vivos juntamente com as alegadas bruxas.

 

 

Nos dias de hoje ainda continuam as insensatas ideias sobre os coitados dos felinos. Algumas associações alertam para o aumento de adopções em certas alturas do ano, nomeadamente perto do dia de todos os Santos, pois acredita-se que a noite de 31 de Outubro para 1 de Novembro seja a noite das bruxas. Já foram encontrados gatos sacrificados num género de altar. Sim! Leram bem. E isto há cerca de dois anos aqui em Sesimbra. (https://sol.sapo.pt/artigo/419779/gatos-pretos-torturados-em-rituais)

 

Triste, não é?

 

No entanto, apesar desta parte negativa associada ao gato preto, também se atribui o mesmo poder aos gatos pretos de um modo mais positivo.

 

Por exemplo, um monarca inglês do séc. XVII, Carlos I, tinha o seu gato preto como um poderoso talismã da sorte! O felino era um sortudo, com guarda real destacada para o proteger! Curiosamente, reza a lenda que no dia seguinte à morte do felino, que infelizmente não era imortal, o Rei perdeu a sua boa sorte e foi acusado de traição com direito a execução pública…

 

Os piratas, nesse mesmo Séc. XVII, também acreditavam que um gato preto num navio traria sorte. E essa ideia prevaleceu ao longo de anos, com as mulheres de alguns pescadores a acreditarem que ter um gato preto em casa afastaria a má sorte aos seus maridos em alto mar.

 

Seja como for, foram várias a crenças associadas aos felinos pretos. A minha sugestão é que não se ligue à cor mas ao animal em si. E sobretudo, não dê maus tratos a um animal só porque teve a sorte, ou o azar, de nascer preto! Seja ele gato, cão ou peixe!! E olhem que eu tenho um peixe preto que é um mimo!

 

 

 

__________________________________________________________________

Publicado em  Inominável nº 10

por Golimix autora do blog Eu tento, mas meu tento não consegue

Siga-nos no Bloglovin
 

2 comentários

Comentar post