Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Revista Inominável

A revista para lá da blogosfera!

Qua | 22.11.17

Animais & Mais | Gato branco? Oooohhh… que lindo!!

Gato branco? Oooohhh… que lindo!!

 

 

Quanto ao felino branco, ao contrário do seu irmão de cor oposta, é associado à pureza, à luz, felicidade e boa sorte. Mas não se iludam: superstições à parte, ter um gato branco pode não ser assim tão idílico!

 

Tal como as pessoas, os gatos de pêlo branco têm menos pigmento para se protegerem da radiação solar nociva, os raios ultravioletas, e podem inclusive sofrer de queimaduras solares e desenvolver cancro de pele. Não se esqueçam de que os gatos adoram um bom “banho de sol”; aliás, acho que é o único banho de que gostam!

 

As áreas mais afetadas pelo sol são as que possuem menos pêlo, tais como a pontinha das orelhas, nariz e ocasionalmente pálpebras e lábios.

 

O primeiro sinal de queimadura é o rubor, depois começa a perda de pêlos (mesmo na zona mais circundante), a descamação, o coçar e as consequentes feridas. Por último, virá o terrível cancro e a partir daí teremos um caminho tenebroso…

 

Agora tenho a certeza de que alguns dos leitores estão a pensar “Oh! Eles sabem o quanto podem ficar ao sol!”. Não, meus caros, eles não sabem e nem percebem que estão a queimar-se; cabe-nos a nós, os seus humanos, protegê-los.

 

E então como devemos fazê-lo?

 

Isto vai parecer irónico e óbvio, mas realmente o melhor é o protector solar. Sim! Aquele para humanos poderá servir, mas se encontrar para gatos será “ouro sobre azul” (ou branco, neste caso). Um fator 30 FPS já será suficiente.

 

Se comprar um protector para humanos tenha alguns cuidados, já que a possibilidade de o bichano lamber é elevada. Primeiro, procure aqueles hipoalergénicos, próprios para bebés, mas cuidado para não serem aromatizados ou com cor. Atente para dois componentes nocivos, são eles os salicilatos (em inglês, Salicylate ou Octyl Salicylate) e o óxido de zinco (Zinc Oxide). Leia o rótulo com atenção!

 

Depois de escolher o produto, aplique diariamente, uma ou mais vezes por dia, nas pontinhas das orelhas e no nariz do seu felino. Tente distraí-lo enquanto o produto seca, assim ele não se incomoda tanto e não lambe a maior parte antes da absorção.

Mesmo que fiquem em casa, todos os gatos de pele clara devem usar protetor. Mais uma vez, não se esqueça de que eles procuram sempre estender-se ao sol! Nem que seja uma pequena nesga, eles estarão lá!

 

Claro que colocar proteção anti-UV nos vidros é uma boa opção; cara obviamente, mas se puder será óptimo!

 

Além desses cuidados com o protector, também devemos limitar a ida à rua, para os gatos que o fazem, evitando as horas de pico do sol.

 

Se o pior acontecer e o seu amigo tiver uma queimadura, com os sinais que já foram aqui referidos, vá ao veterinário. Não espere para depois, a prevenção é sempre o melhor caminho!

 

Agora outro problema muito falado nos gatos brancos: a surdez!

Sim, gatos brancos, especialmente se tiverem os dois olhos azuis, ou só um dos olhos azul, têm maior probabilidade de desenvolver surdez ou até nascerem surdos. Está geneticamente comprovado, embora eu não vá entrar em pormenores desses aqui, mas se investigar um pouco sobre o assunto irá perceber o porquê dessa probabilidade genética.

 

A surdez não afetará a rotina de um gato dentro de casa, mas na rua os seus dias estarão contados. Proteja o bichano em casa e com distracções para ele.

 

Pois é, independentemente da cor, os gatos são seres maravilhosos, únicos! Dão-nos muito carinho! É só ter alguns cuidados e permitir-se amá-los! Ame os brancos, os pretos, os laranja, os tricolores…!

 

Ame somente, e sem ser com ideias a preto e branco! ;)

 

_______

Fonte: RPSPA - site e facebook

 

 

__________________________________________________________________

Publicado em  Inominável nº 10

por Golimix autora do blog Eu tento, mas meu tento não consegue

Siga-nos no Bloglovin